História de Acari

História de Acari
Açude Gargalheiras
HISTÓRIA DE ACARI / RN "O peixe faz a história" Acari é originalmente nome de peixe de escamas ásperas e carne branca saborosa, que gosta de viver em águas tranquilas e encontrou no Rio Acauã seu habitat. A presença do peixe, e de fácil pesca, dez surgir na boca do povo o nome de um povoado: Acari. Primitivamente, a localidade foi habitada pelos índios Cariris, e chegou à condição de povoado através da presença do Sargento Mor Manuel Esteves de Andrade, vindo da Serra do Saco. Em 1737, Manuel Esteves ergueu a Capela na localidade, consagrada a Nossa Senhora da Guia, que se tornou matriz em 13 de março de 1835. O prédio da antiga capela só foi substituído em 1863, com a inauguração da definitiva Igreja Matriz, em outro local da cidade. Surge então, a terra de Acari, baseada na marca forte da presença do eixe nas águas do Rio Acauã e na fé em Nossa Senhora da Guia. Antes mesmo de nascer, essa terra acompanhou a Guerra dos Bárbaros e a carnificina que culminou com o extermínio dos índios que habitavam as margens dos rios Seridó e Açu. Passou à condição de município no dia 11 de abril de 1835 através de Resolução do Conselho de Governo. Acari limita-se com os municípios de São Vicente, Carnaúba dos Dantas, Jardim do Seridó, Currais Novos e São José do Seridó. Acari é um município no estado do Rio Grande do Norte (Brasil), localizado na região do Seridó potiguar. INFORMAÇÕES GERAIS Acari / RN Conhecido(a) por: "Cidade mais limpa do Brasil". Emancipação: 11 de abril de 1835 Região do estado: Seridó potiguar Gentílico: acariense Área: 608,466 km² (IBGE) (População no último censo) População: 11.035 – IBGE/2010 No Estado: 55º - (De 167 municípios do RN) Densidade demográfica: 18,13 hab./km² Altitude: 274 m (sede municipal) Latitude: -6.43578506 Longitude: -36.63937496 Clima: Semiárido Fuso horário: UTC−3 Distância até a capital: (215 km) via BR-226* (* A Distância entre duas cidades é calculada de centro a centro de cada cidade) Fonte: Livro Terras potiguares - Marcus César Cavalcanti de Morais.